Notícias

Governo realiza força tarefa para concluir regularização em Araguaína

21/08/2017 - Jarlene Souza

O Governo do Estado, por meio da Companhia Imobiliária do Tocantins-TerraPalmas realizou neste final de semana, 18 a 20 de agosto, uma força tarefa no município de Araguaína, com o intuito de colher as assinaturas dos títulos das famílias dos setores Vila Norte, Vila Cearence e Vila Piauiense que, por motivos de força maior, não compareceram na ação realizada em maio deste ano. A ação consiste na finalização do processo de regularização fundiária de imóveis de 648 famílias de Araguaína, um anseio antigo das famílias que aguardam esta regularização há 40 anos.

“Fizemos um levantamento nos processos incompletos e percebemos que algumas pessoas não compareceram por não poderem se ausentar de suas casas, ou trabalharem em zona rural, dentre outros motivos. Por isso, fomos de casa em casa, atualizando os cadastros e colhendo as assinaturas para finalizar todos os processos” explanou o diretor de regularização fundiária da TerraPalmas, Carvalho Filho.

O aposentado José Barbosa da Silva, que mora na Vila Cearence há 35 anos agradeceu a ação do Governo. “Em primeiro lugar agradecemos a Deus por esta grande oportunidade e em segundo o Governo do Estado por estar aqui em nossa casa, em um domingo, nos trazendo essa grande felicidade de ter o registro da nossa casa”, disse o senhor José Barbosa.

“Um cidadão só prova quem ele é com documento. Estou feliz com a atitude do Governador Marcelo Miranda, um homem sério, que tem consciência das coisas e resolveu dar esse presente para nós. Até hoje nenhum político conseguiu fazer o que ele está fazendo, regularizar nossa casa e ainda registrar de graça”, descreveu o morador da Vila Norte, o senhor Luiz Bezerra.

 “O Governador Marcelo Miranda nos incumbiu desta tarefa de viabilizar a tão sonhada regularização dos imóveis dessas famílias. Estamos concluindo todos os processos e muito em breve eles terão os títulos de propriedade em mãos e devidamente registrados sem nenhum custo”, disse o presidente da TerraPalmas, Aleandro Lacerda lembrando da Lei nº 3.228, de 21 de junho de 2017 que isenta as famílias de qualquer custo ou taxa para o primeiro registro do título nos Cartórios de Registro de Imóveis.

A regularização das áreas compreende um total de 280.701 m² dos setores Vilas Norte (242.000m²), Piauiense (8.483m²) e Cearense (30.218,00 m²) na cidade de Araguaína – TO. 

 

Compartilhe esta notícia